sábado, 29 de abril de 2017

Palestra sobre LEITURA NOS ANOS INICIAIS

A palestra foi proferida no dia 11 de abril de 2017, para o corpo docente do Ensino Fundamental I, da E.E. Calhim Manoel Abud, São Paulo - SP.

Ficam aqui os meus agradecimentos ao corpo docente e aos demais profissionais da Unidade Escolar, pelo carinho e recepção.








domingo, 9 de abril de 2017

"María" de Adenildo Lima (Cuento inédito)

Sai o meu primeiro texto traduzido para o Espanhol.

Parabéns à equipe do BLOG CORREVEIDILE pela excelente tradução.



"María" de Adenildo Lima (Cuento inédito)
"Es mediodía, el calor del sol penetra la imaginación de aquella mujer, allí, sentada entre pajas y carbón del cañaveral. Una lágrima escurre por el rostro tratando de aliviar el dolor. Su mirada es pura poesía mezclada con esencia de vida, en la lucha por la supervivencia. Una bangaña con agua, un plato con unos pocos frijoles y sardina frita en las brasas del fogón de leña y la hoz que parece no querer cortar más la caña, dada la falta de fuerzas presentes en aquellos brazos delgados y piel quemada por el sol. Una lágrima más cae de sus ojos: el dolor parece mezclarse con la esperanza de vivir. (...)"

Para ler o texto completo acessem o link abaixo:

quarta-feira, 29 de março de 2017

Lançamento do meu livro O copo e a água é notícia

Escritor de Colônia Leopoldina lança livro na maior livraria do Brasil


"O poeta e escritor Adenildo Lima, natural de Colônia Leopoldina, Alagoas, residente em São Paulo desde 1998, lançou no sábado, 25, na Livraria Cultura, na Avenida Paulista, a 2ª edição do seu livro infantil “O copo e a água”, ilustrado pelo artista plástico João Paulo de Melo. O momento foi emocionante, o evento contou com a presença de um público aproximado de cem pessoas, que foram prestigiar o trabalho desse escritor que, a cada dia, ganha mais e mais visibilidade e reconhecimento na área literária."




Para ler a matéria completa, acesse:

segunda-feira, 27 de março de 2017

Lançamento do livro O copo e a água

O lançamento do meu livro infantil O copo e a água, ilustrado pelo artista plástico João Paulo de Melo, foi lançado sábado, 25, na Livraria Cultura – Conjunto Nacional, Av. Paulista, 2073 – São Paulo / SP. Foi um momento maravilhoso.

Confiram as fotos abaixo:





Capa do livro:





Sinopse do livro:

"Diante da escassez de água doce que o planeta Terra vem passando, o livro O copo e a água é um presente para todos que se preocupam com o meio ambiente. A água, como sabemos, é fonte que dá vida aos seres vivos. E neste livro vamos conhecer a história de Vinícius, uma criança preocupada em preservar o pouquinho de água potável que nos resta, pois ele sabe, que mesmo o planeta Terra sendo formado por aproximadamente 70% de água, grande parte é salgada, e poluída. Por isso, a história dessa criança é um convite para que todos possam se conscientizar em preservar a natureza como parte integrante do próprio corpo."

O livro O COPO E A ÁGUA está à venda para todo o Brasil, na Livraria da Gente. Acesse o link abaixo:

https://www.livrariadagente.com.br/o-copo-e-a-agua

Créditos das quatro fotos: Roberto de Lima

MAIS FOTOS, ACESSEM O LINK ABAIXO:

https://www.facebook.com/pg/editoradagente/photos/?tab=album&album_id=1039216452879053

terça-feira, 14 de março de 2017

Lançamento do meu livro O copo e a água




Sinopse:

Diante da escassez de água doce que o planeta Terra vem passando, o livro O copo e a água é um presente para todos que se preocupam com o meio ambiente. A água, como sabemos, é fonte que dá vida aos seres vivos. E neste livro vamos conhecer a história de Vinícius, uma criança preocupada em preservar o pouquinho de água potável que nos resta, pois ele sabe, que mesmo o planeta Terra sendo formado por aproximadamente 70% de água, grande parte é salgada, e poluída. Por isso, a história dessa criança é um convite para que todos possam se conscientizar em preservar a natureza como parte integrante do próprio corpo. 

Facebook do livro:

https://www.facebook.com/Ocopoeaagua/?fref=ts


Mapa do local do lançamento:

https://www.google.com.br/maps/place/Livraria+Cultura/@-23.557808,-46.667704,15z/data=!4m5!3m4!1s0x94ce59cd70632ccd:0x50d7af0f50a5a0aa!8m2!3d-23.5590275!4d-46.6602367


sábado, 11 de março de 2017

Inauguração da Livraria da Gente

Todos os meus livros são vendidos na Livraria da Gente. E entrega em todo Brasil

Aproveitem a promoção de inauguração

Acessem o site:

https://www.livrariadagente.com.br/



Facebook da Livraria:

https://www.facebook.com/livrariadagente

quinta-feira, 9 de março de 2017

A cadeira 37, que eu estava concorrendo, na Academia Brasileira de Letras, ficou com Arno Wehling


"Historiador vai ocupar cadeira que pertenceu a Ferreira Gullar, morto em dezembro do ano passado


(...)



Segundo pessoas próximas ao processo eleitoral, havia sentimento bastante forte na Academia de que eleger Wehling seria uma maneira de homenagear o IHGB. Correndo por fora na disputa pela carreira 37, de Gullar, estava Antônio Campos, irmão do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e criador da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto). Os outros candidatos foram Felisbelo da Silva, Batista D’Obaluayê, Rossini Corrêa, Antonio Martins de Araújo, Adenildo de Lima, José Roberto Guedes de Oliveira, Diego Mendes Sousa, Luisinha Dias de Valois Santos e Eloi Angelos Ghio D’Aracosia."


Para ler a matéria completa, acesse:

Fonte: O GLOBO

http://oglobo.globo.com/cultura/livros/arno-wehling-eleito-para-academia-brasileira-de-letras-21038182 



Observação em 27/03/17:

O texto dessa matéria, publicada aqui no dia 9 de março, do jornal O Globo, foi alterada pelo jornal.

Mais alguns jornais que divulgaram, inclusive a ABL:

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
JORNAL FLORIPA

segunda-feira, 6 de março de 2017

Estou concorrendo à cadeira 37, da Academia Brasileira de Letras - ABL

ABL escolhe nomes para as cadeiras de Ivo Pitanguy e Ferreira Gullar

Estou concorrendo à cadeira 37, da Academia Brasileira de Letras (ABL), que era ocupada pelo poeta Ferreira Gullar

Acessem as matérias abaixo:

JORNAL O GLOBO
JORNAL TRIBUNA HOJE
ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
JG NOTÍCIAS
JORNAL CADA MINUTO
JORNAL O PARANA
JORNAL FLORIPA
BLOG DO PCO
JORNAL LU LACERDA
VALE AGORA WEB

O COPO E A ÁGUA - LANÇAMENTO EM BREVE

Facebook:

O COPO E A ÁGUA

Capas dos meus livros

            






           


Links para acessar as páginas dos livros no Facebook:

O COPO E A ÁGUA

O mundo de Vinícius

A parteira

Lobisomem pós-moderno



quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Poética

Sim
Quero uma mulher que declame
Versos comigo
E dentro dos versos
Que nos tornemos poesia
E sendo poesia
Que sejamos essência
Que sejamos amor

Sim
Não existe algo mais belo
Do que dois olhares
Que se olham e se abraçam
Repletos de sensibilidade


Sim
Não conheço amor
Se nele não existir
Essência
Poesia
Ou um pouco
De sensibilidade
Poética

Sim
Quero uma mulher
Que declame versos comigo
Mesmo que sejam os versos
Provindos do nosso silêncio
Num diálogo de dois corpos

Que se abraçam
Que se amam
Que se beijam...

Adenildo Lima

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Carlos Drummond de Andrade – Testemunho da Experiência Humana

Documentário dirigido por Maria de Andrade sobre a vida e obra de Carlos Drummond de Andrade para o Projeto Memória.


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=O04QSmoo0hw

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

João Cabral de Melo Neto - De Lá Pra Cá



"João Cabral de Melo Neto é um dos maiores poetas brasileiros e um dos gigantes da literatura em língua portuguesa. Criou um estilo inconfundível, propôs uma estética nova, influenciou várias gerações nas décadas de 50 e 60. Quase ganhou um Nobel pelos 20 livros que escreveu. 

Também foi diplomata ao longo de 40 anos. Fez amizades com artistas importantes, recebeu honrarias e tem a obra estudada em centros acadêmicos prestigiados. 

Participam do programa Ferreira Gullar, José Castello, Ariano Suassuna, Domício Proença Filho, José Dumont.

O programa, apresentado por Ancelmo Gois e Vera Barroso, vai ao ar, todo domingo às 18h, na TV BRASIL. Reprises nas sextas-feiras, às 20h30."

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=fKE3YttgYGA

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Adélia Prado - Imagem da Palavra - Parte 1

A poesia de Adélia Prado, com seus traços de amor, fé e feminilidade, é um prato cheio para este papo de Guga Barros com a autora.


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=DniGchg-n4A

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Ivan Junqueira, apenas um poeta



"Poeta, ensaísta, crítico e tradutor, Ivan Junqueira fala da ambiência cultural que influenciou sua trajetória literária e de alguns acontecimentos que marcaram a história do país. Nascido em Ipanema, em 1934, Ivan relembra o menino amedrontado pela Grande Guerra, os amigos de praia e livros, a desistência do curso de Medicina e o encontro iniciático com Aníbal Machado. Em diálogos com Alexei Bueno, Antônio Carlos Secchin e Ferreira Gullar, debate questões sobre o fazer poético e a gênese da poesia moderna. Depoimentos de outros poetas e escritores contemporâneos colaboram na feitura desse breve perfil de quem se define como apenas um poeta a quem Deus deu voz e verso, mas que confirmam sua condição de um dos maiores poetas brasileiros vivos."

Explicações do amor em pleno século 21

Não, eu não me importo
Se o amor para muitos
Perdeu o sabor.
O que eu quero mesmo
É senti-lo, vivê-lo:
Um sorriso
Um abraço
Um beijo
Um olhar apaixonado
Dentre olhares que se abraçam
Num silêncio que só quem ama
Pode entendê-lo.
E se me perguntarem
Se sou romântico...
Por que não? Pegunto.
Amor é eterno
E mesmo que dure um segundo
Sempre traz lembranças boas.
No fundo no fundo
Eu tenho pena das pessoas
Que não têm tempo para amar
Ou aquelas que já se esqueceram
Que sem amor a vida também
Perde o gosto.
Pois o que me importa mesmo
É sentir o teu abraço
O teu sorriso
E a poesia no silêncio
Metaforizado em tuas palavras.
Afinal, amor não se explica
Se vive
Se sente
E se concretiza num silêncio
Que só quem ama
Pode entendê-lo...

Adenildo Lima

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Dentre a saudade e a solidão...

Saudade. O que é a saudade? Perguntou-me a jovem garota, natural de um país da Europa. Por um segundo eu também me perguntei: o que é a saudade? Não sei, ela respondeu com um sorriso no olhar. Mas você sabe o que é solidão? Perguntei. Deve ser a mesma coisa que saudade. Respondeu ela. E mais uma vez eu me perguntei: o que é solidão?

Houve um silêncio entre mim e ela. Em seguida disse que a palavra solidão não existe no idioma dela. Não?! Falei entre risos. Não. Respondeu com um olhar interrogativo.

Mais uma vez o silêncio se fez presente...

E amor você sabe o que é? Sim, é claro, respondeu ela. E eu acrescentei: e a falta de amor você sabe o que é? Seria solidão? Interpelou ela. Também não sei, falei. E ela riu.

Veja, falei chamando a atenção dela, o importante é que entre mim e você reine dentre a saudade e a solidão o amor. Porque o amor é um sentimento nobre, e só ele é capaz de harmonizar a convivência humana.

E a solidão? Perguntou ela. A solidão, respondi, é um sentimento que precisa ser degustado com amor.

Adenildo Lima

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Artista plástico João Paulo de Melo no programa Tribo Urbana

O artista plástico João Paulo de Melo estará no programa Tribo Urbana, da rádio Conectados, quinta-feira, 17/11, a partir das 10h00



domingo, 23 de outubro de 2016

Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar: um diálogo entre a escola e a família

A palestra "Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar: um diálogo entre a escola e a família" foi proferida para professores, coordenadores, diretores e supervisores da rede municipal de ensino da prefeitura de São Paulo, no dia 30 de setembro de 2016.
Foi organizada pela Diretoria Regional de Educação (DRE) Capela do Socorro, no último dia 30 de setembro, a palestra compôs a programação da II Jornada Pedagógica de 2016.






terça-feira, 4 de outubro de 2016

Entrevista na Rádio Conectados, no programa Tribo Urbana

Quinta, 6 de outubro de 2016, serei o entrevistado no programa Tribo Urbana, da Rádio Conectados, no horário das 10h00 às 11h30.



"Fernanda Palhares e Leandro Gaia recebem no Programa Tribo Urbana dessa quinta (6/10) o escritor e autor do livro "O Mundo de Vinícius", Adenildo Lima.
Ouça pelo radioconectados.com.br ou então pelo App da Rádio Conectados.

Assista ao vivo pelo YouTube e interaja com a turma do Tribo pelo whats da Rádio: 11-94580-2334



Mais informações: http://radioconectados.com.br 

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Jardim sem flores

Meu amor, a vida é um lapso num piscar de olhos. Se você não souber aproveitar as coisas mais simples; diga-se de passagem, não viveu. A poesia da existência não está numa gravata ou nos brincos de pérolas. Não, não está. Bens materiais podem ser uma chave para o teu precipício, que dão o nome de depressão, angústia, vazio.


Que bom seria se aprendêssemos a olhar no olhar do outro de igual para  igual. 

Adenildo Lima

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

No 26º aniversário do Centro de Arte e Promoção Social

O evento aconteceu no dia 20 de agosto de 2016: Aniversário do Centro de Arte e Promoção Social - CAPS, no Centro Cultural Grajaú, São Paulo. Contou com Exposição e Vendas de Livros, Shows, Roda de Poesia, Exposição de Artes Plásticas, Contação de História, entre outras atrações.







Mais fotos, acessem:

https://www.facebook.com/adenildo.lima.3/media_set?set=a.864897106945750.1073741852.100002764060588&type=3&pnref=story

domingo, 18 de setembro de 2016

Matéria na Revista ECP: Descobrindo O mundo de Vinícius

Descobrindo O mundo de Vinícius

Matéria sobre o lançamento do livro O mundo de Vinícius, que aconteceu na livraria Leitura do Shopping cidade São Paulo.

 A matéria faz parte da 5ª edição da Revista ECP.

Meu muito obrigado pelo carinho de toda a equipe que compõe a revista ECP.



Para acessá-la em formato digital, acessem o link abaixo:

sábado, 3 de setembro de 2016

24ª BIENAL DO LIVRO DE SÃO PAULO

A palestra "Literatura, Sustentabilidade e Meio Ambiente", proferida por mim e pelo artista plástico João Paulo de Melo aconteceu no dia 2 de setembro de 2016, no estande Pernambuco Continente Imaginário, na 24ª Bienal Internacional do Livro de SP.






Mais fotos na minha página oficial do Facebook:

https://www.facebook.com/escritor.adenildolima/photos/?tab=album&album_id=1764323637178559

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

A ruptura da democracia brasileira

Lamentavelmente, hoje, assistimos a um dos piores episódios para uma nação de um país: a ruptura democrática.

Se foram capazes de condenar a presidenta da república, inocente, imaginem o que eles são e serão capazes de fazer com os menos favorecidos desse país.

O maior crime que se pode cometer contra um ser humano, é condenar um inocente. Precisamos estar preparados, tempos sombrios pairam a nação brasileira.

Um dia eu vou escrever a história da presidenta Dilma em versos, não pouparei a minha ousadia para exaltá-la, porque,  pessoas como ela, é digno que a essência de sua história seja escrita numa narrativa pelas mãos de um poeta.

Diante dos aplausos dos covardes e golpistas, o silêncio é o primeiro passo para se erguer a voz.

Tenho extremo respeito pela história dela e por sua força e coragem: ser humano forte, resistente...

Presidenta Dilma, no meu silêncio, receba o meu abraço...

Adenildo Lima


sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Adenildo Lima e João Paulo de Melo na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Eu e o artista plástico João Paulo de Melo, que fez capas e ilustrações para dois livros meus: "O mundo de Vinícius" (2015), e "A parteira" (2013), estamos na Bienal, no estande "Pernambuco Continente Imaginário", no dia dois de setembro, às 19h.

Vamos bater um papo sobre "Literatura, Sustentabilidade e Meio Ambiente."

Estão todos convidados...

Mais informações, acessem o link abaixo:

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Resenha sobre o livro A parteira

Resenha escrita por Márcio Ahimsa, sobre o livro A parteira, no site: Homo Literatus:





"A parteira é um grito e um silêncio, é essa paradoxal verossimilhança da realidade de um país onde, de um lado é latente a dor escorrendo pelo esconderijo em tom vermelho do nosso agreste e, do outro, é como se fosse uma nódoa no tom de um conto de fadas onde se acredita em fantasias criadas, mas não se crê em verdades cruas." 


Para lerem a resenha completa acessem o link abaixo:

http://homoliteratus.com/parteira-poeta-adenildo-lima/


segunda-feira, 22 de agosto de 2016

A literatura e suas múltiplas faces

O evento aconteceu no domingo, dia 7 de agosto de 2016, na rua Alba Valdez, 03, Jardim Reimberg, Grajaú, SP. 

Foi uma tarde maravilhosa, o evento contou com um debate sobre As múltiplas faces da literatura, com os escritores Varneci NascimentoHilda Dos Santos Milk e Eu, Adenildo Lima. Também teve uma roda de conversa sobre mídia independente, e o lançamento da 5ª edição da Revista Ecp Ecp: Expressão Cultural Periférica.





Mais fotos no meu facebook:

A literatura e suas múltiplas faces