quinta-feira, 10 de novembro de 2011

diálogo distorcido

- meu amor, tu sabes que eu te amo.
- você confirma que eu sei?
- sim, eu sei que você sabe que te amo.
- será?
- você tem dúvida?
- sei lá, às vezes você é tão agressiva comigo.
- não é que eu seja agressiva, é que fico triste com sua ausência.
- não é apenas isso, na verdade você gosta de confusão.
- eu?!!! não é verdade, eu gosto de discutir o nosso relacionamento.
- hum, hum...
- nossa, você tá insensível hoje.
- desculpa, é que a cada dia você tá mais chata.

adenildo lima

Nenhum comentário: