domingo, 16 de outubro de 2011

tudo o que nos resta

quando nos falta o ar para respirar sentimos a morte tão perto e tão certa. a morte é uma menina traiçoeira, até se faz amiga e nos abraça nos momentos mais tristes ou felizes. viver é um caminhar para onde não se sabe. morrer é findar uma lista de dias vividos. a morte é a luz no fim do túnel que dar sentido a vida. sem ela, viver seria uma viagem para lugar nenhum.

entre a morte e a vida, amar é tudo o que nos resta.

adenildo lima

Nenhum comentário: