sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Uma nação que ri nas lágrimas

É o sonho de todos que acreditam num mundo melhor, poder um dia alcançar com o olhar uma multidão correndo para o abraço, cantando o mesmo hino, falando a mesma a língua. É difícil, e muitos até dizem que é impossível. Mas aqui trago um exemplo para refletir.

Observem o Brasil numa época de copa do mundo. As lágrimas de tristeza se misturam com um olhar de alegria, talvez por um segundo apenas. Mas as cidades param, as empresas fecham, as ruas ficam desertas... e todos gritam um grito com um único objetivo: ser vencedor.

Possivelmente seja por isso que em época de copa do mundo o Brasil, quase cem por cento da população permita que as mãos se abracem sem demonstração de desigualdade. Sim, todos nós sonhamos com dias melhores, desejamos um grito de vitória. E como sabemos, o Brasil tem um povo muito sofrido.

O jogador pega a bola: é hora de bater um pênalti. Ele beija-a. Olha para a multidão: um silêncio enorme habita todo o planeta, um silêncio pronto para dar abertura para um grito de vencedor. O jogador põe a bola no gramado. O goleiro espera com a sorte. É decisão!

Em algum lugar uma mãe esquece a fome que aperta seu estômago, a dor que fere seu filho. Esquece a tristeza num momento feliz. Feliz... - É apenas um grito que todos esperam: um grito de vencedor. vencer a dor na dor é uma vitória dupla.

As escolas também foram fechadas, talvez para diminuir um minuto de dor no olhar do professor ou da professora, do aluno ou do pai que esperam por dias melhores na educação. E todos esperam um grito de vitória. O jogador continua com a bola, ali, diante de seu olhar que se concentra num desejo de uma nação.

Alguns momentos de lembranças passam em sua mente: a família, o país: um grito de vitória...

O Brasil é o único penta campeão do mundo... afinal a ilusão é a única realidade que eu conheço... Eu?!!!... apenas faço a minha parte, se você achar que é bom, pegue como exemplo...

Uma nação que ri nas lágrimas ainda falta muito para que os versos do poeta rimem amor com amor...

adenildo lima

Nenhum comentário: