quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Ser humano

Somos humanos. Ou tentamos ser. Não se assuste, amigo leitor, com essas frases. É verdade, andamos a cada dia mais cansados e estressados. Mas não é que sejamos estressados. É preciso entender isso. A agitação está muito forte, a falta de crença nos olhares das pessoas, ainda mais. As nossas crianças e adolescentes não têm referências, ou quase não têm. Os pais nas grandes cidades, nas pequenas também, acordam às 5h. da manhã e volta às 7h. da noite, inteiramente cansados, e a frieza do dia é tão drástica que eles chegam em casa e não têm o hábito de perguntar aos filhos se tudo anda bem. Um beijo, um abraço... contariam tanto para uma humanização familiar.

Amigos temos poucos, ou quase não temos. E precisamos ter a mínima sensibilidade de entendê-los em alguns momentos difíceis que nem eles mesmos, muitas vezes, sabem que estão passando. Andamos cansados. Andamos sem saber pra onde, muitas vezes o próprio caminho é espinhoso.

adenildo lima

Nenhum comentário: