sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Crianças abandonadas

Há um falatório enorme na mídia, na boca da população sobre crianças abandonadas, sobreviventes nas ruas da grande São Paulo e em muitas cidades do nosso país. Alguns acreditam que a prisão seria o melhor caminho. Mas como? Como o melhor caminho? Sabemos que o nosso Brasil não tem centros socioeducativos capazes de atender para o processo educativo as nossas crianças e adolescentes, conforme estabelece o ECA. Vai prender uma criança? O certo não seria educá-la? Colocá-la no convívio social?

Sabemos que há milhões de opinões contrárias a não-punição, e outras a favor. O que precisamos na verdade não é brigar com as diversidades, e sim, procurar uni-las para encontrar respostas que tenham como objetivo a união da sociedade e o menos sofrimento para as nossas crianças e adolescentes.

Se os profissionais da segurança, da educação, da saúde... ficarem brigando. Tenham certeza: Irá piorar. E muitos políticos serão eleitos com este tema.

adenildo lima

Nenhum comentário: