sexta-feira, 24 de junho de 2011

e que seja incandescente!

para amar precisa ser sempre criança. o amor é inocente, é calmo e dialoga, sempre! sempre que duas pessoas se amam a sensibilidade é como os versos de um poema. e um poema tem milhões de interpretações, mas a essência poética é sempre a mesma. e não se ama um poema pela construção dos seus versos, ama-o pelo o que ele toca em nossa alma. assim é o amor, ou devia ser. amar alguém é amar desprovidamente de qualquer interesse (menos o interesse de amar). amar é ter esperança sempre. sempre que sonhamos um novo dia nasce mais belo com flores e com raios de sol incandescente. e que incandescente seja o amor, sempre!

adenildo lima.

Um comentário:

Elen Abreu disse...

Que lindo!!!!
Amar é isso:)
Tenha uma boa noite amigo
Beijos