sábado, 7 de maio de 2011

nupcias de amor

os casais celebram neste momento as nupcias de amor e vivem o gozo celebrado da esperança de uma vida feliz. ana ainda se sente menina aos 29. e elias disse que a vida começa aos 40; mas ele tem apenas 35 anos. casou por um motivo de honra para a família, mas nunca pensou em casamento. o sonho dele sempre foi viver as nupcias de um amor estrambulante, daqueles soltos numa noite estrelada. ana sempre foi a menina da mamãe, a filhinha do papai. cursou direito, namorou mais de 4 anos o mesmo rapaz. acabou! teve medo de ficar encalhada. e correu desesperadamente para casar. encontrou elias. e elias queria nunca a ter encontrado, pensou enquanto subia ao altar. mas a vida é assim mesmo, disse ele, cheia de aventuras. e essa também era mais uma aventura vivida, mesmo sabendo que seria um grande sacrifício sacrificar suas noites estreladas; noites de amor.

elisabeth já tem 6 anos e nayara 8. os pais já são pais. e os filhos seguem os passos que um dia foram traçados por eles. elias brinca no parque. ana ainda sonha com pedro nos seus braços amamentando, mas o leite dos seus peitos já não amamentam mais. a vida é realmente uma incognita.

adenildo lima

Nenhum comentário: