quinta-feira, 10 de março de 2011

imagem dançante

uma lambida na ferida
de um corpo jogado ao léu

uma calçada dura
um estômago vazio
fura sem mistura


um monstro
um conto
mal contado nas páginas do jornal

a língua afiada e doce do cachorro sem dono
acariciando dores num corpo em abandonos

cai uma folha em plena praça
pública
publicando notícias vão

sonhos e lágrimas
num vão esquecido
vão

uma bailarina
menina
nina ninando

numa imagem dançante
avante
nos levantes decaídos

do viver

adenildo lima

Nenhum comentário: