terça-feira, 29 de março de 2011

Dois animais famintos

Sim, eram dois animais:

Um se encontrava nos rejeitos

De uma lacuna chamada democracia.

O outro era apenas irracional.

Sim, eram dois animais:

Um bem mais forte,

Dentes grandes e feroz,

Lutando com todas as forças

Para não perder seu alimento.

(E ele estava certo.

O outro animal, ali, era intruso)

Sim, eram dois animais.

Um deles venceu a luta

Naquela disputa bruta

De saciar a fome

Que sem nome consome

Aos poucos. E some...

Sim, eram dois animais.

De repente um dos dois

Encontrou-se num posto de saúde.

- O que aconteceu com esta criança?

- Ah, ela estava disputando comida no lixo com um porco.

E foi mordida por ele.

- Nossa (!!!...???)

adenildo lima

Nenhum comentário: