quarta-feira, 2 de março de 2011

Bruna

Têm coisas na vida que não conseguimos explicar: um sentimento, por exemplo. Bruna foi uma pessoa em minha vida que marcou bastante. Na época ela tinha apenas 18 anos; em toda euforia do do descobrir as coisas. Cabelos soltos por cima dos ombros, uma pele suave, uns seios delicadamente sensuais, e um sorriso incomparável a qualquer um outro.

Namoramos quase um ano. Vivemos uns dos melhores momentos do nosso existir, na época até pensamos em casar, mas algo improvisado aconteceu: ela partiu e nunca mais voltou. É, é a vida. Até hoje não consigo explicar aquele sentimento, mas guardo cada momento vivido. E ainda lembro quando ela me chamava carinhosamente de Lu.

adenildo lima

Nenhum comentário: