quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

uma prosa em versos

o amor é uma folha jogada ao vento
natália
lembras dos momentos em que ficamos juntos
dividindo sentimentos e dores tentando vencer os espinhos
nas flores
era manhã, ou quase manhã
quando aquela folha ficou dançando igual uma bailarina no ar
confessei que estava apaixonado
você disse que apenas me amava
amar amamos a nossa mãe
o nosso pai
os nossos irmãos
os nossos amigos
e até mesmo o animal de estimação
mas deixo claro que estou apaixonado
pois para se apaixonar precisa amar
e para amar precisa se apaixonar um pouco mais
ah, a folha voando parece divertido, mas não adianta fugir
não adianta se esconder por detrás da amizade
amizade não pode ser máscara para esconder um sentimento de amor
natália
amizade, muitas vezes, é um grande alicerce para uma paixão

agora fuja de você mesma já que tem medo do espelho

adenildo lima

Nenhum comentário: