segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Lula, além da imaginação










A presidenta eleita, Dilma Rousseff, se emociona ao agradecer a um dos maiores líderes da história mundial, Lula. E não é para menos, a vitória da nossa presidenta é um resultado dele. Luís Inácio LULA da Silva veio da miséria, quebrou todos os preconceitos possíveis e conseguiu e está conseguindo fazer com que o povo desta nação chamada Brasil se sinta brasileira, realmente. Lula foi e está indo além da imaginação de qualquer ser hamano, acredito que ninguém, a vinte trinta anos atrás imaginaria que ele chegaria onde está. Luís Inácio LULA da Silva tem corpo de homem, mas dentro de si carrega a alma de um anjo que luta para melhoria de um povo que precisa e que sonha, sonha...

Dilma, a primeira mulher presidenta do Brasil. Se formos lembrar que antigamente, na história brasileira, mulher nem podia votar, temos hoje uma mulher no cargo mais importante da nação democrática deste nosso país. Estou completamente honrado deste tempo que estou vivendo. Ontem mesmo deixei de viajar, pois carreguei na consciência que votar é mudar uma nação, e foi o que eu fiz. Com meu voto consegui eleger LULA por duas vezes, e agora Dilma.

Abaixo destaco Dilma nas páginas de 'todos' os jornais do mundo:

"
The New York Times (Estados Unidos) – O jornal norte-americano destacou que, ao escolher Dilma como presidente, o povo brasileiro votou em um governo de continuidade, tanto nas políticas econômicas como sociais criadas por Lula. De acordo com a reportagem, a petista eleita deverá assumir desafios que ainda afetam ao Brasil, assim como o combate aos problemas na educação, além de melhorias nas áreas de saúde e saneamento básico.

BBC News (Grã-Bretanha)
– Intitulada “Rousseff ganha as eleições no Brasil”, a reportagem da rede britânica BBC mostra um perfil completo sobre a presidente eleita. A notícia destaca ainda o aumento na quantidade de mulheres que chegam ao poder em nações da América Latina, e questiona o que deverá ser um governo de continuidade após a saída do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Reuters (Internacional) – A agência internacional inicia sua reportagem citando que Dilma Rousseff é uma ex-líder guerrilheira. Segundo o correspondente, ela ganhou a Presidência através da promessa de manter as políticas que tiraram milhões de pessoas da pobreza e que fizeram do Brasil uma das melhores economias do mundo. A notícia da Reuters ainda destaca que a petista nunca tinha disputado uma eleição.

Wall Street Journal (Estados Unidos) – O jornal de economia norte-americano informa que a vitória de Dilma nestas eleições “foi selada pela prosperidade econômica e ampla popularidade de seu antecessor e mentor, o presidente Lula”. A reportagem ainda detalha o discurso da petista após sua vitória, dizendo que, “contendo as lágrimas, Dilma elogiou Lula e prometeu bater à sua porta quando necessário para obter conselhos”.

Clarín (Argentina) – O jornal argentino destacou que Dilma votou “confiante” neste domingo e classificou a vitória da petista como “um grande triunfo”. A reportagem ainda relata que militantes do partido receberam a notícia “com gritos e ovação”. O períodico atribuiu a vitória de Dilma ao “popular presidente Lula, que se envolveu totalmente na campanha e que colocou à disposição da candidata seu prestígio e sua unidade política”.

El Mundo (Espanha) – O diário evidenciou o discurso de Dilma e intitulou a reportagem com a frase: “Saberei honrar o legado de Lula”. O periódico explica que, dez meses antes das eleições, o candidato tucano José Serra tinha ampla vantagem sobre Dilma, mas que o cenário se inverteu graças à popularidade de Lula. Ao final da reportagem, El Mundo cita a forte abstenção de votos registrada nesta eleição.

El País (Espanha) – O jornal destaca em sua página de internet que Dilma é a herdeira política de Lula e informa que o primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, enviou uma mensagem para a presidente eleita, sugerindo para que ambos países “sigam trabalhando para manter a magnífica relação”. Segundo El País, Zapatero desejou a Dilma “os melhores desejos de êxito” durante seu primeiro mandato de governo.

Diário de Notícias (Portugal) – “Sim, a mulher pode”. É assim que está intitulada a matéria no jornal português, que destacou a trajetória de Dilma, desde o tempo em que foi guerrilheira até o momento em que se tornou a primeira presidente do Brasil. A reportagem ainda informa que Marina Silva, candidata do PV que conquistou 20 milhões de votos no primeiro turno, deu os parabéns à futura presidente e desejou a ela boa sorte.

CNN (Estados Unidos) – A rede norte-americana destacou no título da reportagem a promessa de Dilma, classificada como braço direito do presidente Lula, de erradicar a pobreza no Brasil até o fim de seu mandato. A CNN ainda elogia o método de votação no Brasil e cita o teste da identificação biométrica feito nesta eleição pela Justiça Eleitoral. "

Fonte:http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/a-vitoria-de-dilma-e-destaque-na-midia-internacional

adenildo lima

Nenhum comentário: