sexta-feira, 3 de setembro de 2010

prédios abandonados

não sei se algum dia você parou para observar os edifícios abandonados, as paredes pichadas e as ruas em silêncio. não sei se você já observou os detalhes da rua sem saída, dos becos que gritam com os gritos dos aflitos. é, não sei se você observou que tudo (que tudo) que eu queria era um beijo, apenas um beijo; um beijo na face sólida da mulher amada, mas os prédios abandonados continuam lá. você já observou?

olha, enquanto estávamos conversando, pensei tantas coisas, pensei até em ser seu namorado, mas as ruas estão desertas, e a noite continua calada, e não sei de onde, mas um frio vem com um calor tão quente; é, eu sei, é tudo retundante - mas a nossa história não... -, a nossa história. não sei, mas eu acredito que você algum dia vai parar e verá no silêncio dos prédios abandonados algum sorriso meu.

adenildo lima

Nenhum comentário: