sexta-feira, 17 de setembro de 2010

enlaces

o tempo está calmo, mas a vida está agitada; o sol não aparece, mas os nervos estão quentes; a avenida é larga, mas os carros não saem do lugar. um sorriso perdido procura encontrar um sorriso perdido no olhar de algum sorriso perdido; mas uma neblina encobre a face da menina que chora, por ter perdido a mãe; a menina está solitariamente só. e ela procura entender o motivo dessa loucura. as pessoas passam correndo sem rumos e sem direção. o olhar da menina procura um abraço que se enlace num laço de amizade; ela está sozinha, e a família chora. o trânsito está parado, a avenida é larga, e muitas pessoas estão morrendo enforcadas com as gravatas. e eu aqui apenas ofereço um abraço num enlaço da vida que mesmo sofrida é preciso ser sentida.

só não me digam que faltou tempo para aquele abraço.

adenildo lima

2 comentários:

Erica Maria disse...

Lindo texto!!!

Gosto mto de vir aqui.


Bjos no seu coração!

Sam disse...

Há tantas meninas que choram. Talvez eu seja até alguma dessas, mas que chora por outras razões.

Gostei demais dessa sua sensibilidade em perceber e descrever de uma maneira bonita e humana um olhar alheio.

Beijo meu...