domingo, 15 de agosto de 2010

Cuba, o que falam e o que é na visão de...

O professor Paulo Jonas de Lima PIVA, mestre e doutor pela USP, viajou para Cuba e, no blog, sua página, onde escreve seus artigos, descreveu:

"
(...)

Dez dias em Havana, a capital cubana, perambulando por todos os cantos, de dia, sob um sol implacável, e de noite, conversando com todo tipo de gente, à procura da Cuba que a grande mídia brasileira alardeia nos seus noticiários e nada: nenhum mendigo, nenhum morador de rua ou menor abandonado; também nenhuma criança subnutrida, nenhum desempregado (quase todo cubano é funcionário do Estado), nenhuma favela tampouco sirenes histéricas atrás de criminosos. Com a máquina fotográfica em punho para registrar as provas de que o povo cubano viveria num inferno de fome e opressão sob o regime dos irmãos Castros, o que o real me permitiu fotografar foram apenas pessoas vivendo uma vida simples e decente, tendo à disposição toda uma rede de proteção social inexistente em outros países da América Latina e nos EUA, que inclui educação pública, gratuita e de qualidade, do maternal ao doutorado, além de um dos melhores sistemas de saúde do mundo, este também absolutamente gratuito. Ironicamente, de acordo com a própria CIA, o centro de espionagem e terrorismo do governo norte-americano, 99,8% dos cubanos sabem ler e escrever. E tudo isso apesar das privações provocadas sobretudo pelo bloqueio econômico imposto à ilha por Washington desde 1962. Enfim, foram dez dias à caça de uma Cuba que só existe como ficção caluniadora na cabeça dos seus detratores, a menos que Fidel Castro tenha o hábito de mandar jogar os miseráveis da ilha no mar, tese que, apesar de esdrúxula, não teria dificuldade de ser endossada pelos ideólogos de direita e outros jagunços da grande mídia brasileira".

(Publicado no jornal A Gazeta Itapirense em 14 de agosto de 2010)

do blog:http://opensadordaaldeia.blogspot.com/

É, cuidado com a grande mídia, não vamos permitir sermos simples marionetes nas mãos dessa gente. Já que leram o texto, acima, reflitam. Se Cuba é considerada um inferno pela grande mídia, mesmo com todos esses índices bons da educação e da saúde... por que falam bem dos Estados Unidos...?

adenildo lima

Nenhum comentário: