domingo, 25 de julho de 2010

tudo passa muito tão depressa

tudo passa muito tão depressa. sim, tudo passa muito tão depressa. a vida, as flores soltas no campo, o voo do pássaro, as férias, o sorriso da pessoa amada, e até mesmo a pessoa amada; passa muito tão depressa. e as palavras soltas no vento, se você permitir até a sua vida passa muito tão depressa; e até eu mesmo se você não souber aproveitar cada segundo, eu, também, passo muito tão depressa.

adenildo lima

Um comentário:

Agathóss disse...

Mas se vc erguer as pupilas e observar a tudo, a tudo.... desde do pó dos sofás, a escada rolante do metrô, observar tudo mesmo, além da vida render mais, todos virariam poetas, pq a vida pode passar depressa, mas tem muito coisa bela acontecendo, beleza que agente só ve vagarosamente, que agente nem percebe, nem da valor. Bjim e boa semana.