domingo, 18 de julho de 2010

reavivando a memória

Hoje lembrei de você, não sei se você lembra daqueles momentos em que assistíamos televisão juntos. Eu era um simples adolescente apaixonado por você, mas nunca tive coragem de falar. Éramos tão íntimos. Até acho que você gostava de mim. Sonhei por várias vezes sentindo os seus lábios nos meus. Ah, como o tempo passa, faz tanto tempo que não nos vemos, acho que uns dez anos, né? Você casou, tem uma filha linda, eu vi a foto dela, faz lembrar você. Você sempre foi bonita. Por que, né, que eu nunca tive coragem de falar? Ah, mas eu era muito novo. Na verdade tínhamos a mesma idade, né? Mesmo você casada, às vezes ainda sonho com você, o seu nome doce e suave aos meus ouvidos: Natália.

Será que algum dia ainda vamos nos amar?

adenildo lima

Um comentário:

Sam disse...

Huuummmm, lembranças assim... aquecem o coração!

Beijo meu!