quinta-feira, 8 de julho de 2010

o voo da borboleta

A borboleta sonhava em voar o mais alto possível que pudesse, mas nunca conseguiu, sempre que tentava tinha um pássaro, ou qualquer outro animal mais forte do que ela, e a derrubava. Ela continuava sonhando, fazendo um trabalho de formiguinha, limpava seu caminho, levava o néctar das flores, assim, como uma bizunga, para suas companheiras no ninho. E no final ela descobriu que precisava de muitas vidas para conseguir fazer alguma coisa neste mundo. Por isso viveu todas as vidas que pode. E desmistificou a frase anterior "mas nunca conseguiu".

adenildo lima

Nenhum comentário: