segunda-feira, 26 de julho de 2010

momento de recordação

"é, é saudade mesmo". lembro quando você me ligou, e resumiu a ligação com essa frase. era justamente duas horas da manhã, eu estava sozinho em casa, foi tão importante aquela ligação, conversamos bastante, e até falamos da época em que éramos namorados. o importante foi que terminamos mas continuamos amigos, não foi algo que passou como vendaval. isso é muito bom, tem tantos namoros que terminam e acabam até a amizade; acho tão feio isso, por que, né? passam uma vida brincando, passeando, dividindo momentos bons e ruins... de repente acaba e tudo acaba mesmo... não gosto dessas coisas.

aquela ligação me fez ficar pensando. e você disse que era saudade o motivo de me ligar aquela hora. e nem existe hora, né, pra lembrar, seria tão bom se fosse toda hora, hora para dizer que tal pessoa é importante. para mim os momentos mais simples são os mais importantes. ah, sempre que você lembrar pode me procurar, estou sempre aqui de braços abertos, tá....

adenildo lima

Um comentário:

Sam disse...

Ah, que gostoso sentir esse carinho, não é mesmo?!

Tão bom mesmo quando (re)encontramos pessoas que estiveram presentes em nossas vidas e permanecem. Que entendem a importãncia de não se desprezar momentos feliz por picuinhas e mesquinharias.

Raro encontrar casais que nutrem uma amizade depois de um relacionamento.

Sou completamente a favor, afinal... sempre digo que a amizade é um dos amores de verdades!

(hummm... ligações de madrugada. Sim, sim.... e é tão bom! rs)

beijo querido!