segunda-feira, 17 de maio de 2010

A arte

Na vida, precisamos fazer alguma coisa para suprir, satisfazer ou até mesmo enganar essa invenção - que chamamos de viver -, pois a cada dia que se passa é uma luta constante para encontrar um sentido para cada atividade feita e refeita.

Vivemos numa constante mutação, numa luta constante. Alguns abraçam a religião, outros abraçam as drogas, e eu, abraço a arte. Não que a arte seja o preenchimento para cada vazio encontrado nos labirintos da nossa alma, mas ela é uma ilusão para cada momento vivido e esperado, e para mim, a ilusão é a única coisa real.

Mas alguém já disse que não se vive de ilusão. Vive-se de sofrimentos, de amor, de luta, de perdas, de conquistas... Vive-se como se o último dia fosse aquele vivido, lembrando Renato Russo. E é preciso viver, mesmo que tudo conspire contra, pois na real, alguma coisa sempre favorece. A morte é apenas o começo.

Acho que aos artistas é dado esse direito de saber e ter a certeza que um dia morrerá, para as demais pessoas, acredito que mesmo tendo ciência da morte, não chega a acreditar. Mas a morte é teoria, real é ficar diante de alguém que amamos, vendo-o partir, isso, sim, é real.

E, mesmo que vocês não concordem comigo, digo que, a arte e o artista são tão desconhecidos e ao mesmo tempo tão íntimos um do outro. O artista é uma grande metamorfose enclausurada num casulo chamado corpo humano.Já a arte, cada um faça sua própria interpretação.

adenildo lima

Um comentário:

Bleffe disse...

Participe da campanha "Música em troca de Fraldas", que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

Música em troca de Fraldas



Dia 23/05 tem Show do #Riounido, que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

#RioUnido