sexta-feira, 2 de outubro de 2009

o tempo

e o tempo que nao deixou
um tempinho só
pra eu falar com ela
o tempo
o tempo que se foi
sem que eu percebesse
o tempo
que tirou você de mim
o tempo que não deixou
eu ficar mais tempo
ao seu lado
o tempo
maldito tempo
que eu não soube controlar
e fui controlado por ele
justamente o tempo
que eu procurei
para dizer que te amava
para dizer que você
era muito importante para mim
o tempo se foi
não deixando tempo
tempo o suficiente
para vivermos cada momento
cada segundo
é, cada segundo
e eu que não sabia
que um segundo
é muito tempo
tempo suficiente
para dizer a alguém
um eu te amo
um você é especial
o tempo
hoje sei que a culpa
não é do tempo
hoje sei que
foi eu que perdi
para o tempo
enquanto o tempo
precisava ser guiado
pelos meus passos
o tempo
hoje tenho tanto tempo
que sobra tempo
para expressar o meu sentimento
para expressar o meu carinho
o meu amor
hoje não reclamo mais do tempo
o tempo
o tempo
o tempo
tempo tempo
tempo
são as batidas do meu coração
dizendo que te ama
através deste olhar

adenildo lima

2 comentários:

Erica Maria disse...

Que lindo poema amigo!

É bom vir aqui e encantar-me de palavras tuas...

Bjos*

સáરi૯ ~ਏਓ disse...

Muito lindo!!
Obrigada pelo comentário no meu blog..
Não posto mto, mas é bom saber q vc esteve lá..

Beijo, fica com Deus..