quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Rios e risos

As pessoas mudam, e o mundo delas muda junto com elas. As palavras somem indo no vento, as palavras de amor, de amigo, de amizade, de relacionamento. O bom dia desaparece, a boa tarde não chega nunca mais, a noite é apenas noite sem estrela, sem lua, sem luar e o frio da madrugada fica quente na tristeza de não querer acreditar no que é capaz o ser que se diz humano.

Mas as borboletas continuam voando. E mesmo que a flor murche, nunca perderá a essência, será sempre flor.

adenildo lima

Um comentário:

Cris Animal disse...

Adorei....
Realmente o ser humano é capaz de qualquer coisa. O pior , das piores coisas.

Que haja borboletas!....rs
Que haja borboletas em flores de cores multíplas.

beijo enorme pra vc !