sábado, 15 de agosto de 2009

Flashes

Pareciam monstros diante de seus olhos. Um som suave e forte entrava e adentrava sua vida. Ele imaginava tantas coisas: pedras subiam e desciam, morros despencavam dos seus lugares, árvores caíam de onde se encontravam, crianças choravam, homens gritavam, mulheres imploravam, animais fugiam. Ele não sabia mais onde estava e o que estava vivendo.

adenildo lima

Nenhum comentário: