quinta-feira, 4 de junho de 2009

Mistérios da vida

Que a vida é uma correria não temos dúvidas, mas não quero falar dos passos longos que a vida nos coloca diante da nossa caminhada, quero falar dos momentos que temos e deixamos de aproveitar.

Todos sabem que o dia tem 24h, mas todos sabemos também que o tempo é relativo. Um momento de felicidade, pode passar muito rápido, já um de dor, pode durar uma eternidade em apenas uma hora.

O que devemos fazer é aproveitar cada segundo, sim, cada segundo. Um segundo ao lado da pessoa que amamos pode ser o despertar para toda uma vida, o sorriso de alguém pode trazer tantas interpretações, e é isso que precisamos aproveitar.

Viver pensando no amanhã, isso não é vida, é uma escravidão criada por si mesmo, que o amanhã seja a resposta do que vivemos hoje. Começar num emprego pensando em como vai sair, seria melhor nem entrar; começar namorar pensando em como vai ser, seria melhor nem começar.

Somos nós que traçamos os nossos dias, somos nós que fazemos acontecer a nossa história. Primeiro, é necessário que não nos prendamos a idade, ao tempo, às horas. Sabemos que a sociedade impõe um monte de regras.

Que não sejamos o que os outros querem, que não sejamos o que os outros acham que devemos ser, vamos ser o que somos, e dentro disso, vamos ampliar.

Viver é assim, como o amor: um mistério.

adenildo lima

2 comentários:

Adriana disse...

parabéns seus textos são muito bons.

Gessica Borges disse...

Hey Adê ! Que texto bonito garoto ! Parabéns !


Passando por aqui pra mostrar que não esqueci de você ;)
Saudades ! Beijo!*