segunda-feira, 13 de abril de 2009

Uma gota no oceano

A vida. Amigo leitor, vou escrever este texto meio sem começo e meio sem fim, assim como a vida. Eu, em alguns momentos, já disse que ela é momentos. Momentos assim como a felicidade. Sim, como a felicidade, não vejo a felicidade como algo eterno. Agora mesmo, neste final de semana de páscoa, vivi tantos momentos felizes, momentos tão bons que descrever aqui seria resumir aquela felicidade. Mas qual o motivo que me leva a dizer que a vida é momentos? Depende de cada um, da cultura de cada um. Muitos acreditam em vida eterna - após a morte - outros, em reencarnação - após a morte - e outros mais acreditam em fantasmas e em milagres. - enquanto vivem - Eu, respeito todos os sentimentos e crenças, quem sou eu para dizer que não respeito? antes de qualquer coisa: o respeito.
Cada momento da nossa vida devemos aproveitar ao máximo. Esperar o dia de amanhã para viver a felicidade e desfrutar dos prazeres que a vida nos oferece é amarrar uma corrente em si mesmo e não deixar a felicidade fazer parte. O amanhã é o presente que ainda não recebemos, é o fruto que ainda não plantamos, é a colheita que ainda não colhemos; o amanhã é o hoje que não conhecemos, mas que podemos, tranquilamente, abraçá-lo e tê-lo com mais afeto. Já a vida é o que vivemos e o que acreditamos. Como eu não tenho nem partido nem religião - a vida para mim, passou a ser apenas amor.

adenildo lima

Nenhum comentário: