quinta-feira, 2 de abril de 2009

O menino Kabenguelê

Em alguns momentos da vida, olhamos para alguém e ficamos encantados, assim aconteceu com o menino Kabenguelê.
Ele foi convidado por uma amiga para ir a uma festa junina, ao chegar lá, uma garota fitou seu olhar. Ficou pasmado, criou coragem e foi falar com ela. Conversaram numa boa, e tinham tudo para se envolverem, sentimentalmente, uma paixão. Mas naquele dia, alguns poréns não permitiram.
O tempo passou... Um dia, num parque qualquer, diante de um show ao ar livre, ele reencontra aquela menina. Antes, a sua amiga já tinha falado que ela estava comprometida, mas mesmo assim, Kabenguelê precisava vê-la.
Ao vê-la abraçada, olhou com muita cautela, realmente ela estava acompanhada, e era com a sua namorada. Foi difícil para Kabenguelê, mas fazer o quê? afinal, como a sua amiga tinha falado, ela estava comprometida.
Mesmo assim, Kabenguelê falou com ela, conversou um pouco. Ela olhou com um sorriso vindo do coração. Ali, naquele olhar, alguma coisa demonstrava alguma paixão guardada.
O menino Kabenguelê, apenas sentiu a falta do beijo que não aconteceu, mas antes que o sol se esconda por detrás das montanhas, sempre existe um sorriso com os lábios molhados, levando um momento de felicidade para as pessoas que acreditam no amor.
adenildo lima

Nenhum comentário: