sexta-feira, 3 de abril de 2009

A arte e seus conceitos

Em pleno século XXI, como há milhares de anos, definir o que é arte é uma tarefa difícil, é tão difícil quanto definir o que é belo. O que é ser belo? O que é arte?
Todos sabemos que a arte é a representão dos sentimentos humanos, mas há quem diga que existe a arte pela arte, e eu, ao contrário, não concordo.
Nesse mundo contemporâneo é possível irmos a uma exposição, onde veremos artes inteiramente diferente do conceito, dito, talvez, tradicional, conservador.
Um monte de latas jogadas no chão, isso é arte? quem sou eu para responder isso? sou apenas um mero rapaz que abraçado à solidão da vida, escreve seus poemas, seus textos.
E quando me perguntaram o motivo de escrever poemas, apenas respondi: para enganar as dores da vida, para vomitar aquilo que não consigo engolir, para expressar o que não consigo falar.
A arte é nada mais ou nada menos do que a sensibilidade de quem fica diante dela, assim como o conceito de beleza, que é inteiramente diferente de estética. Quem antes não disse: nossa! fulano é feio heim. Mas o tempo colocou-os um diante do outro, e ao descobrir a essência da alma daquela pessoa feia, a feiura acabou, nunca existiu.
A arte, assim como a beleza da vida, depende da essência de quem fica diante dela.
adenildo lima

Nenhum comentário: