terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Terra, mundo e mar

Viver, conviver, sobreviver neste mundo pós-moderno, muitas vezes se torna uma tarefa difícil. A correria louca à busca daquilo que nem sabemos o quê, deixa-nos atormentados. Lembro que, em um determinado tempo, sonhava em ganhar uma quantia xis, quando estive diante dessa quantia, já era pouco demais. O mesmo dinheiro de ontem tem uma diferença muito grande do mesmo dinheiro de hoje.

Em muitos lugares do nosso país, a paz é solteira, assim, como uma bela menina solta no parque. Alguém já imaginou uma cena assim: uma bela garota vindo em sua direção com os braços abertos, ali, solta no parque, longe de tudo, de todo o mundo corroído por tantos barulhos.... algum homem já imaginou? alguma mulher já pensou diante de uma cena assim, vindo em sua direção um alguém que ela admira? É assim, a liberdade em muitos lugares do nosso planeta Terra.

Muitas vezes, penso num mundo mais humano, mas é tão difícil, até dentro de suas próprias casas, muitas famílias não conseguem isso, imaginem um mundo! E o pior, existem milhões de munodos. Você já parou para pensar nisso? exitem milhões de mundos. O seu mundo é inteiramente diferente do mundo dos demais, o seu olhar não enxerga a mesma coisa que o outro.

Por isso, procuro sempre, fazer com que o meu mundo seja simples e humilde, e que nele, muitas pessoas possam se sentir à vontade, e quem sabe, até, desfrutar e colher um pouco.

Pode ser pouco o que uma pessoa faz, mas, os maiores acontecimentos do mundo, partiram da ideia louca de uma pessoa.

adenildo lima

Nenhum comentário: