domingo, 25 de janeiro de 2009

Alone

Uma chuva cai, nesta noite de domingo. O final de semana termina, recordo alguns momentos vividos: teatro - HAMLET; Show do Nando Reis - SESC. Encontros com algumas pessoas que há tempo não via.

A chuva cai e molha meu rosto, uma garota se deixa ser banhada pela natureza. Aquela cena me faz lembrar um lindo momento de amor, um momento apaixanante. A vida é um momento que abraçamos enquanto estamos vivendo. Pensar na morte, tão poucos fazem isso.

E nós somos pequenos vermes caminhando por aí. Hoje, comemo-os, amanhã seremos comidos. A terra é a única companheira, e fiel. Todos vamos nos abraçar a ela, seja lá como for, dela não podemos fugir (Este texto parece que começou alegre e aos poucos vai se tornando triste né, amigo leitor?). A vida é única, aproveita-a!

Sempre que puder, aproveita a vida pois, mesmo quem acredita numa próxima, não tem certeza se terá. Essa sim, temos certeza. Se você tem alguém que gosta, um amigo, uma namorada, procura sempre que puder ficar ao lado dela, só convivendo com as pessoas somos capazes de amá-la ou odiá-la. E não deixe a sua amizade, o seu amor, ser algo virtual, e sim, faça com que esses meios sejam meios para te aproximar mais de cada pessoa que amas.

A chuva continua caindo e deixa o tempo silencioso com seu barulho harmonioso e a música ALONE, do Judas Priest me deixa mais próximo das palavras, num momento mais reflexivo, e este momento me faz lembrar você. Você que caminha loucamente por aí, que esquece os convites das pessoas que te amam, que querem estar ao seu lado, você que ainda acredita que a vida vem pelas páginas dos livros, da televisão.

Muitas podem até vir, mas a sua, você mesmo procura traçar cada caminho.

adenildo lima

Um comentário:

Gessica Borges ( Gessica 2 ) disse...

Heeeey cara .. que legal isso.
Gosto da forma como você escreve ;)
Acho que vou montar um blog também, assim você pode me visitar.

♪ A paixããããooo ... ♪

Essa música não sai da minha cabeça !


Beijo!