sábado, 20 de dezembro de 2008

Religião X Estado




















Nos dias 12 e 13 de novembro de 2008, O senhor Presidente da República Federativa do Brasil, Luís Inácio LULA da Silva, esteve com o Senhor mais poderoso da igreja católica, nos dias atuais, O papa. O nome dele não sei, também não me interessa.

O senhor Presidente esteve com Ele para assinar um acordo (poucos sabem disso, a imprensa brasileira não noticiou, não levou a público).

(...) "O questionamento torna-se urgente, na medida em que o Presidente Lula (violando o artigo 19, I, da Constituição) firmou uma aliança com a Santa-Sé, estabelecendo a obrigatoriedade (dita facultativa) do ensino católico na escola pública brasileira. O acordo Lula/Ratzinger não teve qualquer participação da sociedade e deverá ser submetido ao Congresso Nacional. O que precisa ser debatido pela sociedade brasileira, porque será definido pelos membros do Congresso Nacional, é se nossa escola pública deve formar cidadãos capazes de valorizar a dignidade da pessoa humana, independentemente da orientação sexual ou, como propõe o Presidente Lula, desejamos formar cidadãos que reverenciem o fundamentalismo homofóbico pregado pela Santa-Sé". - Roberto Arriada Lorea - Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A postura do nosso Presidente é de pura estupidez. Todos sabemos que a igreja católica anda preocupada em perder seus seguidores. Mas isso fica claro que não passa de Olhares políticos. Ter aulas de religião em escolas, é o fim da picada. O ser humano não pode crescer sendo manipulado por uma crença, principalmente em um país igual ao Brasil - inteiramente místico em tudo, com toda essa mistura de povos.

Eu seria de acordo, como cidadão brasileiro, ao ensino das religiões, todas as religiões. A história das religiões no mundo. Mas, ainda, prefiro o ensino da filosofia. Sinceramente, não tenho muito a dizer, apenas vejo esse encontro de acordo entre o Presidente e papa, querendo pôr ensino da religião católica nas escolas, como uma falta de respeito ao povo brasileiro, e a própria Constituição.

Todos sabem, valorizo muito o trabalho do Senhor Presidente, e isso é mais um motivo para me trazer aqui.

Uma reportagem sobre o assunto pela TV Brasil:

http://www.catedralrio.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=215&Itemid=45

adenildo lima

Nenhum comentário: