sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

a mãe e o menino

- menino, o que você tanto escreve?
- uma carta de amor, mãe.
- mas ainda existe amor, nesses tempos?
- se não existir, eu faço, mãe.
- isso lá é resposta pra sua mãe?!
- sim - e é o que estou fazendo: um ato de amor.

adenildo lima

Um comentário:

Rosana disse...

Existe amor sim e existem ainda pessoas dispostas a doar e viver o amor!