domingo, 21 de setembro de 2008

Tempo e vento II

As palavras são como flores, também têm espinhos.

Por Adenildo Lima

Nenhum comentário: