domingo, 20 de abril de 2008

Calma! não é um crime, é um roteiro

... Não me perguntem o que é a imprensa do Brasil, não perguntem o que é uma notícia, mas se você se perguntar já é um grande começo. Um começo pra duvidar, pra não acreditar, pra questionar e pra deixar de acompanhar as novelas ou filmes, sei lá, criadas a partir de assassinatos e de tantas coisitas mais que podiam ser apenas notícias.

Acredito que não seja possível que exista alguém que acompanhe um caso todos os dias; uma notícia transformada em roteiro de filmes, novelas... com tramas e tudo... para ficar esperando quem é o culpado. Mas ao mesmo tempo acredito que milhões de brasileiros fazem fazem isso todos os dias diante da tela de um aparelho... como posso chamá-lo mesmo?

A TV tem um poder enorme, pena que é usada para manipular as pessoas, para enganá-las enquanto seu filho não tem uma boa escola, enquanto milhões passam fome, afinal o importante é ser feliz (rs). Então vamos pular o carnaval o ano todo.

Enquanto milhares e milhões de pessoas não tem nem onde dormir, a mídia brasileira fica 24h martelando um assunto para assim deixar morrer mais rápido aqueles que não tem ninguém por eles.

Eu peço desculpas ao amigo leitor, mas não vou explicitar as metáforas da lágrima do sol que caiu do alto de um prédio de classe média alta. É tudo alto, até o noticiário - altíssimo é o dinheiro que a mídia está ganhando com tudo isso. Se fosse a lágrima daquela criança que chora pra não morrer de fome e de sede nas ruas das cidades ou nos canaviais do país, duvido se teria um espaço de duas linhas nos jornais de grande circulação. É ISSO AÍ, VAMOS COMEÇAR A DUVIDAR DE TUDO, ATÉ MESMO DA NOSSA EXISTÊNCIA!
Por: Adenildo Lima





Nenhum comentário: